Autor: Alex Varela

Alex Gonçalves Varela é historiador, professor do Departamento de História da UERJ, e autor de diversos enredos para escolas de samba, tendo sido autor dos enredos campeões do carnaval de 2006 e 2013. É autor de livros e artigos.

O texto redigido pelo escritor islandês Samuel Beckett no ano de 1957 narra a história de Hamm e Clov, presos em um abrigo à beira-mar, enquanto o mundo exterior está prestes a desabar. Hamm encontra-se bastante debilitado, mal pode se locomover, usa fraldas, e está sob uma cadeira de rodas. O ator Chico Dornellas faz um personagem intransigente, ordenador, controlador, e repetitivo. Por sua vez, Clov é seu serviçal, e fica em pé quase o tempo integral da peça. O ator Victor Dhornellas faz um personagem paciente, solicito, atencioso, e nunca nega uma ordem. Atura todas as grosserias de Hamm.…

Leia mais

A exposição é imersiva, interativa, e de experiencia. A curadoria é de Antonio Curti, e a direção é de Felipe Sztutman. O Sol é reverenciado e adorado desde a Antiguidade. Foi inclusive uma divindade no panteão de algumas das antigas civilizações. Contudo, foram os filósofos dos séculos XVI e XVII, como Copérnico, Galileu Galilei, Kepler, e Isaac Newton que destruíram o paradigma geocêntrico e o substituíram pelo heliocêntrico, ou seja, o Sol está no centro do universo, iluminando-o. Os planetas giram ao seu redor, de forma circular. O movimento que a Terra faz ao redor do astro-rei produz os dias…

Leia mais

A direção e dramaturgia original é de Luiz Felipe Reis. Por sua vez, a atuação é de Renato Livera. Deserto é o sétimo espetáculo teatral da Cia. Polifônica. A dramaturgia nos apresenta elementos da trajetória existencial e artística do escritor e poeta chileno Roberto Bolaño (1953-2003), buscando refletir sobre as condições de existência e de criação dos artistas no universo contemporâneo, num mundo em vias de desertificação. Não é um monólogo biográfico. Se atém a apresentar fragmentos da vida e obra do escritor, de forma contextualizada. Roberto Bolaño foi um romancista chileno. Ele teve uma intensa atuação na militância política, participando…

Leia mais

A peça narra o diálogo entre um pai e um filho. O primeiro está acometido pela doença de Alzheimer e irá passar um fim de semana na casa do segundo. Há algum tempo que os dois estão afastados, bem pouco próximos e íntimos. E o reencontro acaba sendo marcado por esse distanciamento do tempo, em que rusgas e desentendimentos anteriores são trazidos a tona. O ator Ilvio Amaral faz um pai, seu Hélio, já passando por estágios avançados da doença. Ele chega a residência do filho com uma mala, na qual diz trazer todo o dinheiro que existia na sua…

Leia mais

A concepção e adaptação é de Hélio Bejani e Jorge Teixeira, d’après Marius Petipa e Lev Ivanov. O balé é encenado em quatro atos. Reafirmamos a importância do espetáculo de balé ser acompanhado por uma orquestra, no caso a Orquestra Sinfônica do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, sob a regência de Tobias Volkmann. Este último comandou com pulso rígido o conjunto de músicos, nos brindando assim com a música de pura emoção, de incrível beleza, composta pelo inspirado e genial Tchaikovsky. Portanto, excelente o casamento da orquestra com o corpo de baile. Lago dos Cisnes narra a história do…

Leia mais

As apresentações foram realizadas sem acompanhamento de orquestra. O ballet é estruturado em dois atos, e foi inspirado na suíte sinfônica “A Floresta do Amazonas”, escrita pelo renomado compositor brasileiro Heitor Villa-Lobos, em 1958. A primeira montagem foi realizada no ano de 1975, tendo Margot Fonteyn e David Wall como protagonistas. Outras duas montagens aconteceram em 2000 e 2023. O espetáculo tem como enredo o romance entre um homem branco e uma deusa da floresta, que, por amor ao estrangeiro, transforma-se em mulher. A paixão entre eles é vista pelos indígenas como profana. Entretanto, é este amor que salvará a…

Leia mais

O texto de autoria do espanhol Rodolf Sirera é interpretado por dois atores: Osmar Prado, que interpreta o Marques, um nobre aristocrata, e Maurício Machado, que faz o ator Gabriel de Beaumont. Ambos são dirigidos por Eduardo Figueiredo. O texto foi redigido no ano de 1978, como resposta à finalizada ditadura do presidente Francisco Franco, que dominou a Espanha entre 1939 e 1975. Ao longo de todo o espetáculo, os dois atores são acompanhados pelo músico Matias Roque Fideles, que por meio do seu violoncelo, nos brinda com uma sonoridade envolvente em meio ao jogo de suspense da peça. O…

Leia mais

A forma como habitamos nosso planeta e nos relacionamos com ele é o tema central da exposição. Desde o século XVII, com aquilo que denominamos de Revolução Científica, o homem passou a querer conhecer a natureza, dominá-la, penetrar as suas entranhas. Passou a usá-la desenfreadamente, irracionalmente, destruindo-a. Esse uso não racional está gerando sérios problemas, que afetam o meio ambiente. E a exposição busca refletir sobre a tênue relação entre o homem e o meio ambiente. São trabalhos de artistas do Brasil, Argentina, Uruguai, Espanha, França e Arábia Saudita que refletem sobre a forma como o Planeta vem sendo modificado.…

Leia mais

Durante todo o mês de abril e início de maio, encerrando na data de hoje, os freqüentadores do cinema do Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB Rio) se deliciaram com a excelente qualidade dos filmes exibidos na Mostra Pacino. A produtora Fumaça Filmes nos presenteou com o que há de mais expressivo na carreira do ator no campo do cinema. Foram exibidos os melhores filmes protagonizados por Pacino, sendo que muitos deles foram exibidos mais de uma vez. Não podia deixar de ser exibido a trilogia de O Poderoso Chefão, filme que marcou a expressiva carreira de Pacino no papel…

Leia mais

O texto da peça é de autoria de Fabio Porchat, que foi escrito e apresentado há 19 (dezenove) anos atrás, em parceria com o falecido ator e comediante Paulo Gustavo. Porchat agora reapresenta o texto, mesclando textos elaborados para a nova montagem com alguns da anterior. Não há defasagem alguma entre eles, pois os tempos são outros, mas os problemas quase sempre são os mesmos. O texto é constituído por esquetes, dez cenas curtas, que representam alguma situação específica, narrando um enredo com início, meio e fim. Tratam de diversos temas como superstições, senha do alarme da porta do quarto…

Leia mais